how to get nfts for free best place to sell nfts free nft websites free nft token free matic nft buy nfts

O que evitar no treinamento e-learning corporativo

O que evitar no treinamento e-learning corporativo
por

Sempre estamos falando do que é preciso fazer para melhor a eficácia dos treinamentos e-learning, melhorar engajamento e resultados nas empresas, mas precisamos falar também do que é preciso evitar. Listamos aqui alguns erros comuns que precisam ser evitados na estratégia e execução do seu projeto de e-learning na empresa:

– Falta de orientação das ações para o negócio: não se pode criar uma grade de treinamentos sem referência prática ou informações de toda a empresa, apenas se baseando no que está na “moda”. Quanto mais orientada para o desenvolvimento das competências individuais e organizacionais, maior será a aderência da sua proposta e melhores serão os resultados.

– Falta de concisão:não faça com que o conteúdo fique extenso demais ou cansativo. Ao escrever um conteúdo ou organizar um treinamento, busque sempre direcionar melhor a abordagem para os pontos mais importantes e elimine verborragia. Quanto mais prolixo, menos interesse.

– Ignorar o nível de conhecimento dos alunos: ao pensar uma ação educacional, é preciso conhecer bem o público-alvo para não oferecer algo que esteja fora do universo das pessoas. Se o grupo já tem um conhecimento mais avançado sobre um tema, certamente irá apresentar maior rejeição para uma abordagem muito básica. Se for o contrário também. Quando uma pessoa não tem conhecimento sobre um tema, não adianta oferecer algo em um nível muito mais avançado porque ela não conseguirá processar.

– Tratar e-learning como presencial: muitos profissionais querem repassar muito conteúdo de uma vez, engessando demais os cursos e-learning e replicando produtos que não tem mais eficácia, com grande volume de textos e pouca interação. A tendência hoje é cada vez mais objetividade e utilização de recursos multimídia.

– Falta de percepção em relação às tendências: quanto mais flexível o acesso, seja por notebook, tablet, celular e outros dispositivos, maior será a abrangência e melhor será o engajamento. Assim, é preciso diversificar a produção do e-learning, incorporando novas tendências como pílulas de conhecimento em forma de vídeos, animações e outras alternativas que sejam acessíveis das mais diversas formas.

Até o próximo!

Ubirajara Neiva

E-LEAD+

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *